sábado, 16 de abril de 2011

Hebreus 5


1 Porque todo sumo sacerdote tomado dentre os homens é constituído a favor dos homens nas coisas concernentes a Deus, para que ofereça dons e sacrifícios pelos pecados,
2 podendo ele compadecer-se devidamente dos ignorantes e errados, porquanto também ele mesmo está rodeado de fraqueza.
3 E por esta razão deve ele, tanto pelo povo como também por si mesmo, oferecer sacrifício pelos pecados.
4 Ora, ninguém toma para si esta honra, senão quando é chamado por Deus, como o foi Arão.
5 assim também Cristo não se glorificou a si mesmo, para se fazer sumo sacerdote, mas o glorificou aquele que lhe disse: Tu és meu Filho, hoje te gerei;
6 como também em outro lugar diz: Tu és sacerdote para sempre, segundo a ordem de Melquisedeque.
7 O qual nos dias da sua carne, tendo oferecido, com grande clamor e lágrimas, orações e súplicas ao que podia livrar da morte, e tendo sido ouvido por causa da sua reverência,
8 ainda que era Filho, aprendeu a obediência por meio daquilo que sofreu;
9 e, tendo sido aperfeiçoado, veio a ser autor de eterna salvação para todos os que lhe obedecem,
10 sendo por Deus chamado sumo sacerdote, segundo a ordem de Melquisedeque.

FALTA DE PROGRESSO (v. 11-14)

11 Sobre isso temos muito que dizer, mas de difícil interpretação, porquanto vos tornastes tardios em ouvir.

"tardios" νωθρος nothros = lento, moroso (vagaroso, demorado), preguiçoso, indolente (apático, negligente), lânguido (desfalecido, abatido, frouxo).

12 Porque, devendo já ser mestres em razão do tempo, ainda necessitais de que se vos torne a ensinar os princípios elementares dos oráculos de Deus, e vos haveis feito tais que precisais de leite, e não de alimento sólido.

Pelo tempo deveriam ser adultos, mas ainda são crianças.

13 Ora, qualquer que se alimenta de leite é inexperiente na palavra da justiça, pois é criança;

14 mas o alimento sólido é para os adultos, os quais têm, pela prática, as faculdades exercitadas para discernir tanto o bem como o mal.

A criança não exercita suas faculdades para discernir o bem ou o mal; o adulto sim.

Todos um dia foram crianças, mas não permaneceram crianças.

1 Coríntios 13:11
Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.

"discernir" διακρισις diakrisis = habilidade de discernir, discernimento, julgamento.

A falta de discernimento é a razão de muitos sofrimentos.

Provérbios 27:12
O avisado vê o mal e esconde-se; mas os simples passam e sofrem a pena.



Comentários e notas: JLS

Bibliografia:

* Tempo com a Palavra - JLS
* Strong's Numbers Bible

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lucas, um cristão comprometido