quarta-feira, 8 de junho de 2011

Efatá – Abre-te (II Parte)

Marcos 7:32-35
32 E trouxeram-lhe um surdo, que falava dificilmente; e rogaram-lhe que pusesse a mão sobre ele.
33 E, tirando-o à parte, de entre a multidão, pôs-lhe os dedos nos ouvidos; e, cuspindo, tocou-lhe na língua.
34 E, levantando os olhos ao céu, suspirou, e disse: Efatá; isto é, Abre-te.
35 E logo se abriram os seus ouvidos, e a prisão da língua se desfez, efalava perfeitamente.



Ontem enviei a primeira parte dessa mensagem desde Maputo; hoje envio a segunda desde Beira. Agradeço as orações por nós que estamos aqui com o propósito de servir à liderança e à igreja de Moçambique.

Na primeira parte dessa mensagem, focamos a necessidade de escutar bem para ter uma boa comunicação. Hoje, na continuação vamos pensar juntos na "preparação" para escutar bem e ter uma boa comunicação.

II) PREPARAÇÃO PARA ABRIR OS OUVIDOS E SOLTAR A LÍNGU

A

A. Tirou-o da multidão, à parte (v.33)



Depois da ação daquelas pessoas em trazer aquele homem até Jesus e de manifestar o desejo que tinham, agora é a vez de Jesus atuar.

 Aqui vejo o Senhor preparando o milagre. Ele entra em ação.



Normalmente os milagres de Jesus eram públicos, mas aqui encontramos algo diferente.
 Este homem não ouvia e portanto não adiantava Jesus falar, Ele tinha que fazer.
 Os olhos deste homem era sua comunicação, assim que qualquer coisa podia distraí-lo se estivesse no meio da multidão. A multidão muitas vezes atrapalha o milagre de Deus. Pode ser que neste momento você esteja distraído no meio da sua multidão de circunstâncias, problemas, incredulidade, fraquezas, desânimo, etc.

Veja Jesus chamando você para sair do meio de tudo isto e venha à parte para estar com Ele e receber o milagre.



Considero muito importante o significado no grego desta palavra “à parte” que é ”katá” e significa ”partícula”.

Jesus pode ver as multidões, mas no meio dela, vê você; uma pequena partícula onde Ele chama à parte com dois propósitos:
 Primeiro é ter intimidade pessoal, ou seja; relacionamento verdadeiro, ser mesmo seu amigo e companheiro e segundo abençoar suprindo suas necessidades.



B. Pôs-lhe os dedos nos ouvidos (v.33)



Quando estava Jesus e aquele homem à parte, então o milagre aconteceu. Não havia mais motivos para distrações, e os olhos daquele homem estavam somente em Jesus.
 É isto que Ele quer fazer com sua vida. Atrair você à parte com Ele, olhar em seus olhos, alimentar seu coração com fé, com esperança de que seu caso não é um caso perdido.
 Quando seus olhos estiverem olhando somente os olhos de Jesus, então o milagre vai acontecer.


Os dedos de Deus vai entrar em ação no lugar de sua inatividade, a vida de Deus entrará no lugar da sua morte, a voz de Deus entrará no lugar do seu silêncio e o possível de Deus entrará no lugar do seu impossível.



Jesus tocou com Seus dedos os ouvidos daquele homem e hoje eu digo pra você que receba este mesmo toque de Jesus em seus ouvidos. Volte agora a escutar no nome de Jesus, volte a ter a sensibilidade de ouvir a voz de Deus e ser guiado por Ele.



C. Lhe tocou na língua com saliva (v.33)



Depois de tocar seus ouvidos abrindo-os, Ele soltará a sua língua para que sua comunicação seja completa.


Jesus usou Sua própria saliva para tocar a língua daquele homem. Em outra ocasião Jesus também usou sua própria saliva (João 9:6).


Há maneiras que Jesus usa para fazer Seus milagres que não entendemos, o certo é que devemos aceitar e receber dele Sua bênção.



Provavelmente você conseguia conversar muito bem com as pessoas, mas quando se dirigia a Deus, começava a faltar as palavras e sentia-se como um gago não conseguindo expressar-se. Assim estão muitos em sua vida de oração.



Entenda uma coisa:

 “A boa comunicação é a conseqüência da boa relação”

.

Com este milagre, Jesus está levando você de volta a uma comunicação com os céus, sem nenhuma trava em sua língua.



J. Seni

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Salmos 23 para os missionários

Clique aqui para assistir o vídeo