domingo, 19 de junho de 2011

Quem sou eu em Cristo?









Filipenses 3:12
Não que já a tenha alcançado, ou que seja perfeito; mas prossigo para alcançar aquilo para o que fui também preso por Cristo Jesus.

Paulo escreveu essa carta aos filipenses estando na prisão em Roma com alguns motivos:

·      Para agradecer a oferta da igreja que Epafrodito lhe trouxe.
·      Para Epafrodito informar à igreja do seu estado.
·      Para informar também à igreja que Epafrodito cumpriu fielmente sua missão.

Mas sobretudo, ele escreveu para dizer da certeza do seu triunfo em Cristo, mesmo na prisão e animar aos filipenses a esforçarem-se para conhecer melhor ao Senhor e Seu plano e prosseguirem para o alvo.

Tenho procurado entender as profundezas das palavras de Paulo e quero compartir alguns pensamentos com você hoje.

Uma importante pergunta: Quem sou em Cristo Jesus? No versículo 12, encontro três respostas de Paulo que podem ser as nossas também.

Vamos ler o texto novamente e compartir hoje a primeira resposta.

Filipenses 3:12
Não que já a tenha alcançado, ou que seja perfeito; mas prossigo para alcançar aquilo para o que fui também preso por Cristo Jesus.

1. SOU IMPERFEITO

O apóstolo reconhecia que ainda não tinha chegado à sua meta final, reconhecia que estava a caminho. Não se considerava melhor que os demais. Ele também expressou aqui suas limitações e imperfeições.

Não é fácil para um pastor dizer diante da igreja que não é perfeito. Não é fácil para um chefe chegar diante de seus empregados e reconhecer suas limitações. Não é fácil um pai chegar diante dos filhos e pedir perdão por seus erros. Tudo isso para muitos, pode aparentar diminuir sua autoridade ou deixar margem para as pessoas pensarem muitas coisas.

Paulo estava seguro em Cristo. Ele conhecia muito bem a Jesus e a si mesmo.

Alguém disse que se fosse possível conhecer somente a Deus e não a nós mesmos, tornaríamos cristãos soberbos. E se conhecêssemos somente a nós mesmos e não a Deus, tornaríamos cristãos desesperados e perturbados.

Paulo conhecia a Deus e a si mesmo. Tenho procurado a mesma coisa e animo você a fazer o mesmo.

Havia também na igreja um grupo de irmãos que exigiam de Paulo um apostolado perfeito e nessas palavras ele expressa claramente que isso não existe.
É muito triste quando pessoas exigem de outras a perfeição. Normalmente as que exigem perfeição de outras é porque não reconhece as suas imperfeições.

Agora, o que gosto em Paulo é que ele sabia de suas limitações e imperfeições, mas não usava isso para se acomodar; por isso que ele começa com as palavras “não que já a tenha alcançado”.

As suas imperfeições não são para desanimar-te ou levar-te ao conformismo, mas para buscar no Deus perfeito a ajuda necessária.

Procure hoje em oração, colocar diante do Senhor as áreas e situações de sua vida que reconhece não estar bem. Peça perdão e determine buscar na Palavra ajuda para mudanças significativas.

A pior coisa na vida do ser humano é que ele esteja enganado consigo mesmo. Eu não quero estar enganado em relação a mim mesmo e nem quero que você esteja. Definitivamente somos “imperfeitos”.

O que não esta funcionando nós levamos para concertar; não é assim?
Entregue hoje suas imperfeições ao Senhor, confie nele e Ele fará o que for necessário para concertar (Salmos 37:5).

Não tendo alcançado ainda e nem sendo perfeito mas com a meta de crescer cada dia no Senhor, desejo um dia abençoado para sua vida com essa reflexão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Salmos 23 para os missionários

Clique aqui para assistir o vídeo