quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Quem Gera a Unidade

“Oh! quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união! Salmos 133:1”

Escrevi sobre o foco ou a atenção que devemos dar à unidade e também sobre o valor precioso que é sermos um no Senhor.
Hoje quero escrever a respeito de quem faz ou promove a unidade - os irmãos em Cristo.

Não podemos esperar dos anjos nem do mundo. Ninguém tem a responsabilidade de gerar unidade na igreja senão os próprios irmãos em Cristo, cada um é completamente responsável por isso diante de Deus, da igreja e do mundo.
Infelizmente muitos cristãos se esquecem dessa responsabilidade. Você como parte da igreja do Senhor, tem se esquecido ou tem assumido tua responsabilidade de gerar unidade?

Muitos pensam de maneira "mística" ou "espirituosa" que um anjo vai vir do Senhor e dizer a dois irmãos que estão em conflito: "Queridinhos no Senhor, sejam um por favor". Não, não vai descer nenhum anjo do céu para isso.

Você e eu temos que ser suficientemente adultos na fé para ter a responsabilidade de buscar soluções para os conflitos de relacionamentos.

Quando nos tornamos irresponsáveis em nossa unidade? Por exemplo, quando temos um problema com um irmão e em vez de ir e tentar resolver em amor, vamos e fazemos comentários indevidos a uma terceira pessoa. Isso é maligno! Se você usa teu tempo para "desabafar" para um irmão do outro, você esta sendo usado pelo diabo para promover desunião no Corpo de Cristo; foge disso urgente!

Procure a pessoa que você tem problema, procure a liderança se necessário para ajudar a resolver o conflito, mas nunca comparta com outros o problema que você esta vivendo com um irmão.

O segredo para sermos um entre irmãos, é primeiro sermos um com o Pai.
Torna-se indispensável então a necessidade de uma boa comunhão e unidade com Deus para então poder gerar a unidade na família da fé.
Pergunte hoje para você mesmo: "Como esta minha unidade com Deus?". Dependendo da resposta, você saberá como esta tua unidade com e entre os irmãos.

A Cruz de Cristo nos ajuda a alcançar essa vitória para sermos responsáveis em nossa unidade com a igreja; em outras palavras, devo morrer para mim mesmo.

Quando meu relacionamento vertical (Deus e e eu) estas bem, o meu relacionamento horizontal (entre irmãos) também estará bem.

Se o texto diz "irmãos", isso quer dizer que somos filhos de um mesmo Pai. Isso também quer dizer que não somos inimigos, mas amigos. Isso também quer dizer que nossa luta não é contra carne ou sangue, mas contra o mundo espiritual que se levanta contra a unidade na igreja e na família.

Tome um momento desse dia para pensar e orar por tua responsabilidade de promover unidade. Pense se há a necessidade de perdoar ou pedir perdão, de restituir a imagem que você manchou de um irmão a outro ao fazer comentários indevidos. Pense e ore a respeito.

Lutemos juntos por nossa unidade a nível local e geral como igreja de Cristo.

Se alguém diz: Eu amo a Deus, e odeia a seu irmão, é mentiroso. Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu, como pode amar a Deus, a quem não viu? 1 João 4:20

Oh! quão bom e quão suave é que os irmãos vivam em união! Salmos 133:1

Nenhum comentário:

Postar um comentário