quinta-feira, 25 de agosto de 2011

Eliminemos o falso de nosso meio

Em uma dessas preciosas manhãs de oração e leitura da Palavra via Skype, o Senhor falou muito ao meu coração sobre a necessidade de libertação do que é falso.

O mundo já esta no maligno (1 João 5:19) e logicamente precisa de libertação. Agora, pior que o mundo é falar de “livres presos”, de cristãos algemados  na mentira e na falsidade e que também precisam de libertação (João 8:32, 36). Infelizmente isso aconteceu com Israel e acontece atualmente.

Convido você a ler Deuteronômio 13:1-11.
O texto se refere ao castigo que deveria ser dado aos falsos profetas.

1 Quando profeta ou sonhador de sonhos se levantar no meio de ti, e te der um sinal ou prodígio,

Sempre foi comum para Israel ter profetas e sonhadores de sonhos no seu meio. Deus sempre levantava pessoas assim, por exemplo Isaías como profeta e José como sonhador de sonhos. Até aqui tudo normal.

Agora, esses profetas e sonhadores de sonhos de Dt 13, são os que se levantam por si mesmos. Isso acontece hoje também. Pessoas colocando as mãos em suas cabeças e se auto titulando profeta, apostolo, sonhador de sonhos e coisas assim. É a “moda” do momento no “mundo gospel”.

Há muitos assim fazendo terríveis estragos na obra de Deus e deixando uma mancha terrível de mal testemunho – isso não é o Evangelho de Cristo.

Esse sinal ou prodígio que diz o texto, são palavras ou técnicas usadas por esses “profetas e sonhadores” que enganam a muitos.
Um exemplo é quando um desses profetas vem e dizem: “Assim diz o Senhor: Eis que tenho uma grande obra em tua vida”. Amados, quem não sabe que Deus tem uma grande obra em nossas vidas! Usam palavras assim e depois falam outras coisas e confundem as pessoas.

E os sonhadores? “Sonhei com você que ...”. Já pensou alguém chegar e dizer: “Sonhei com você mas não tenho tempo de compartir agora, semana que vem a gente se fala”. Uauuu, acho que a pessoa vai ficar desesperada. Sabe porque? Por que um sonho (não importa de onde venha) é muito mais importante que a Palavra de Deus. Uma profecia (não importa de onde venha) é muito mais importante que as Sagradas Escrituras.

2 e suceder o sinal ou prodígio de que vos houver falado, e ele disser: Vamos após outros deuses - deuses que nunca conhecestes - e sirvamo-los!

Se disser a um cristão: “Vamos invocar os mortos ou vamos fazer um feitiço”, normalmente o tal cristão não vai aceitar pois é bem evidente que a Bíblia diz que isso não se faz.
Mas o falso é astuto, vai convidar o cristão para “ir após outros deuses” que podem ser esses “movimentos”.

Quantos vão? Muitos.
Vivem indo daqui para ali e não firmam em uma igreja. No final ficam sozinhos pois esses falsos profetas e sonhadores tem a intenção unicamente de explorar a fé das pessoas.
Quantos dão ouvidos a isso!

3 não ouvireis as palavras daquele profeta, ou daquele sonhador; porquanto o Senhor vosso Deus vos está provando, para saber se amais o Senhor vosso Deus de todo o vosso coração e de toda a vossa alma.

Nesse versículo, Deus diz para não dar ouvidos ao que é falso.
Mas, por que Deus permite que essas pessoas andem soltas por ai procurando púlpitos de igrejas para aumentar seus currículo de estragos? Para provar e saber se amamos mesmo o Senhor e Sua Palavra. O falso sempre esta provando o verdadeiro!

4 Após o Senhor vosso Deus andareis, e a ele temereis; os seus mandamentos guardareis, e a sua voz ouvireis; a ele servireis, e a ele vos apegareis.

Diante de tudo o que esta acontecendo em nossa atualidade, Deus nos convida a sermos fiéis ao que é verdadeiro.

Como podemos saber se estamos sendo fiéis ao que é verdadeiro e não andando atrás do falso? Tente responder essas perguntas baseadas nesse versículo:

Estou andando após ou na frente do Senhor?
Tudo o que penso, falo e faço, reflete que temo ao Senhor?
Guardo os mandamentos do Senhor em minha vida?
Ouço a voz do Senhor diariamente?
Servo com excelência ao Senhor?
Estou apegado ao Senhor?

5 E aquele profeta, ou aquele sonhador, morrerá, pois falou rebeldia contra o Senhor vosso Deus, que vos tirou da terra do Egito e vos resgatou da casa da servidão, para vos desviar do caminho em que o Senhor vosso Deus vos ordenou que andásseis; assim exterminareis o mal do meio vós.

O que é falso deve morrer!
Naquele tempo, literalmente o profeta ou sonhador de sonhos falsos, eram julgados com pena de morte. Era a lei com o objetivo de eliminar esse mal do meio do povo.

Nós não temos direito de tirar a vida de ninguém e nem a nossa própria. Não podemos matar uma pessoa, mas podemos “matar” o contato com um profeta falso ou sonhador falso.
Por que muitos não fazem isso?

6 Quando teu irmão, filho da tua mãe, ou teu filho, ou tua filha, ou a mulher do teu seio, ou teu amigo que te é como a tua alma, te incitar em segredo, dizendo: Vamos e sirvamos a outros deuses! - deuses que nunca conheceste, nem tu nem teus pais,
7 dentre os deuses dos povos que estão em redor de ti, perto ou longe de ti, desde uma extremidade da terra até a outra -

O caso é tão serio que não importa quem fosse que viesse para tentar desviar a pessoa da verdade, o que tentou isso deveria ser morto. Podia ser o irmão, filho, filha, mulher, melhor amigo (Sl 55:12-14), quem fosse.

Um banco não aceita notas falsas. Um cartório não aceita documentos falsos, uma policia não aceita passaporte falso; por que a igreja vai aceitar o que é falso???????
Não importa de quem ou de onde venha o falso, não podemos aceitar!

8 não consentirás com ele, nem o ouvirás, nem o teu olho terá piedade dele, nem o pouparás, nem o esconderás,

Seja quem for que queira incitar você para o caminho errado, a Bíblia ensina algumas coisas que deve fazer:

     1.     Não consinta com o que é falso.
     2.     Não ouça o que é falso.
     3.     Não tenha piedade do que é falso.
     4.      Não poupe o que é falso.
     5.     Não esconda o que é falso.

9 mas certamente o matarás; a tua mão será a primeira contra ele para o matar, e depois a mão de todo o povo;

Na lei, deveria matar o falso profeta e sonhador de sonhos.
Hoje, como já disse, “devemos matar o contato”; ou seja, manter distância, cortar o contato com o falso.

Quando descobrimos o falso, devemos ser os primeiros a eliminar.
Ninguém pergunta quando há um fogo em uma casa se deve-se apagar, simplesmente toma a iniciativa de tentar apagar ou de buscar ajuda para isso.

10 e o apedrejarás, até que morra, pois procurou apartar-te do Senhor teu Deus, que te tirou da terra do Egito, da casa da servidão.
11 Todo o Israel o ouvirá, e temerá, e não se tornará a praticar semelhante iniqüidade no meio de ti.

O objetivo de eliminar o falso, era para que essa prática de tentar desviar o povo de Deus não acontecesse mais.

Eliminemos o falso profeta e sonhador de sonhos de nosso meio não dando-lhes oportunidades, não vamos após outros deuses. Temamos ao Senhor e busquemos o que é verdadeiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário