segunda-feira, 5 de setembro de 2011

Oração é Comunhão

E ali virei a ti, e falarei contigo de cima do propiciatório, do meio dos dois querubins (que estão sobre a arca do testemunho), tudo o que eu te ordenar para os filhos de Israel. Êxodo 25:22.

Comunhão significa um íntimo companheirismo ou afinidade, comungar,dar a comunhão, ter parte, participar.

Deus sempre quis e continua desejando ter comunhão com o homem.

O texto que lemos chama-nos a atenção as seguintes expressões:

“virei a ti” – Vamos sempre ao encontro de quem temos comunhão ou desejamos ter.

“falarei contigo” – Quando estamos com pessoas que temos comunhão, o falar é natural.
Aqui é usada uma palavra no hebraico que é “davar” o que quer dizer “falar”, expressão da comunhão.
No Novo Testamento, há uma conhecida palavra no grego para comunhão a qual é “koinonia”, aplica-se também ao falar ou orar.

Nossa oração é eficaz quando temos plena comunhão com Deus e nossos irmãos.

A comunhão com o Espírito Santo nos ajuda na oração (Rm 8:26).
A comunhão entre irmãos faz com que Deus aceite nossa oferta na oração (MT 5:23, 24).
Comunhão com a luz, a verdade, nos da autoridade na oração (1 Jo 1:7).

Deus deseja que oremos tendo plena comunhão com Ele, tendo um companheirismo, uma identificação pessoal, uma mescla de personalidades numa bendita unidade, como o trançar de fios para formar uma única corda.

Abraão tinha esse tipo de comunhão com Deus quando orava (Gn 18:17, 23-33).
Moisés desceu com o rosto brilhando do  (Ex 34:29).

Oração é comunhão!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Por Eu ser, você não deve fazer ...

POR EU SER Deus é Deus! Ele não é definido ou desenhado por nós, humanos mortais e tendenciosos a criar deuses que aceitem nosso compo...