terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

A Identidade da Igreja

Atos 1:8
Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samária, e até os confins da terra.

QUEM SOMOS E O QUE FAZEMOS

Há uma crise de identidade no mundo e até na vida de muitos que se chamam cristãos.
Um dos motivos de uma crise de identidade é pelo fato da pessoa desconhecer sua origem.

Uma Igreja sem propósito em missões é porque se esqueceu de sua origem. Precisa voltar para o começo de tudo, para Jerusalém.
Temos que ter claro quem somos e qual é nossa tarefa nesse mundo.

Posso saber bem quem eu sou e o que devo fazer
 quando recebo o que vem do alto.

Atos 1:8
Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samária, e até os confins da terra.

Poder quer dizer  “dunamis” de onde vem a palavra “dinamite’.

O dunamis do Espírito Santo implode dentro de nós.

É uma rebentação de explosivos do céu que provoca um demolição das obras da carne e é centrada dentro de nós.

Um prédio quando é implodido não atinge ninguém a não ser a si mesmo.

A obra do Espírito Santo começa de dentro para fora.

Mudar o exterior sem mudar o interior, é hipocrisia.
Tentar mudar o exterior sem mudar o interior é ser muito ingênuo.
Entender que a mudança começa através de uma implosão do Espírito para  logo haver uma explosão, é ter alcançado o entendimento correto da Palavra.

Foi isso o que aconteceu em Atos 2, “receberam dentro, foram cheios por dentro”

Atos 2:4
E todos ficaram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito lhes concedia que falassem.

O dunamis do Espírito Santo explode para fora de nós.

Rebenta pelos ares.
Expande-se ruidosamente.
Afeta a todos os que estão ao nosso redor e pode chegar até os confins da terra.

Quando um prédio é explodido afeta a tudo e a todos que estão ao redor. Assim deve ser o crente.

Se não acontecer a implosão e a explosão, é que não recebemos ainda esse dinamite, mas talvez uma “bombinha” fabricada no laboratório do emocionalismo religioso, desequilibrado e anti-bíblico.

Em Atos 2 aconteceu “receberam dentro, foram cheios por dentro e logo começaram a falar – uma expressão de explosão”

Atos 2:4
E todos ficaram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito lhes concedia que falassem.

Aconteceu em Jerusalém e esta acontecendo em Jundiaí, no Brasil e em muitos lugares!

Atos 1:8
Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samária, e até os confins da terra.

Descer – Vem do Alto.

Não é fogo estranho, mas fogo do alto de Deus.
Vivemos em um mundo de imitações, o falso parecendo o verdadeiro.
Muitos criam seus “fogos” em suas “santas fogueiras” que não muda nada, é só barulho como de uma lata vazia.

Desceu fogo sobre o altar que o sacerdote oferecia sacrifício.

Levítico 6:13
O fogo se conservará continuamente aceso sobre o altar; não se apagará.

Desceu fogo sobre o altar de Elias.

1 Reis 18:38
Então caiu fogo do Senhor, e consumiu o holocausto, a lenha, as pedras, e o pó, e ainda lambeu a água que estava no rego.

Desceu fogo no dia de Pentecostes.

Atos 2:1-4
1 Ao cumprir-se o dia de Pentecostes, estavam todos reunidos no mesmo lugar.
2 De repente veio do céu um ruído, como que de um vento impetuoso, e encheu toda a casa onde estavam sentados.
3 E lhes apareceram umas línguas como que de fogo, as quais pousaram sobre cada um deles.
4 E todos ficaram cheios do Espírito Santo, e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito lhes concedia que falassem.

Esse fogo desceu sobre minha vida na cidade de Jundiaí no ano de 1987.
Na ocasião, um jovem pregador disse que o Espírito Santo estava na igreja e eu acreditei. Terminou o culto e eu ainda não tinha sido batizado com o Espírito Santo. Não sai de lá até que Jesus me batizou.

Um jovem chinês querendo sabedoria, foi levado por seu mestre a um rio e o segurou de baixo da água. Na terceira vez e tendo o jovem quase desfalecido; o mestre lhe perguntou o que ele mais queria quando estava quase morrendo; o jovem falou que respirar.
O mestre lhe disse: O dia que você desejar sabedoria assim como desejou respirar, a terá.

O quanto você deseja uma vida cheia do Espírito Santo?

Atos 1:8
Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samária, e até os confins da terra.

Ser para fazer – “ser-me-eis”

Posso saber bem quem eu sou e o que devo fazer
 quando recebo o que vem do alto.

Somos somente quando recebemos dele.
Essa é nossa identidade, essa é a razão de estarmos nessa terra ainda.

Cristãos frustrados?
Cristãos dando trabalho e mal testemunho?
Cristãos com crise de identidade?
Cristãos que pensam que é aqui o “paraíso”?
Cristãos acomodados e desfrutando da prosperidade do Brasil e da igreja brasileira?
Cristãos com sentimentos de vazio?

Falta receber poder para ser testemunha!

Se não sou (testemunha) é porque não recebi (poder do Espírito Santo) e se não recebi é porque não busquei e se não busquei é porque não é minha prioridade e se não é minha prioridade, devo questionar-me se de verdade sou discipulado de Jesus.

A identidade da igreja é viver no dinamite do Espírito Santo em uma implosão e explosão e logo ser testemunha de Jesus.
Isso é o que devemos ser e fazer.

ONDE VAMOS SER E ONDE VAMOS FAZER

Atos 1:8
Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samária, e até os confins da terra.

Lendo Atos 1:8, encontrei 4 lugares onde devemos ser testemunhas cheios desse fogo do Espírito Santo.

Logo o Espírito do Senhor me levou a Gênesis 2:10-14 onde encontrei um rio com 4 braços.

Estudando sobre o jardim do Éden e a forma como Deus o fez, descobri algumas verdades que estão ligadas com a igreja, o Espírito Santo e a evangelização mundial.

O jardim do Éden era o lugar de Deus para Adão e Eva.
Deus planejou e desenhou o jardim como um modelo de Seu plano perfeito para o homem.
No plano divino estava que o homem viveria dentro do jardim; ele foi expulso do jardim por causa do pecado (Gênesis 3:23).

O jardim pode representar o propósito de Deus para nós; se pecamos contra Deus, saímos de Seu propósito.

É fundamental a água para manter a vida. Cidades são formadas próximas a rios de onde provem peixes, água para beber, banhar-se, regar a terra, etc. O rio era para os povos antigos a garantia da vida e segue sendo na atualidade para nós.

Em Cristo também temos um rio de vida que é o Espírito Santo.

João 7:38-39
37 Ora, no seu último dia, o grande dia da festa, Jesus pôs-se em pé e clamou, dizendo: Se alguém tem sede, venha a mim e beba.
38 Quem crê em mim, como diz a Escritura, do seu interior correrão rios de água viva.

Interior = começa por dentro. O mesmo que uma implosão, um arrebentar das águas.
Correrão = de dentro para fora. O mesmo que uma explosão, um romper das águas para alem mar.

Penso em nosso planeta:

Visto pelo lado de fora, o planeta deveria se chamar água.
Aproximadamente 70% da superfície terrestre encontra-se coberta por água.
Como igreja, devemos estar cheios das águas do Espírito e levar aos sedentos.

39 Ora, isto ele disse a respeito do Espírito que haviam de receber os que nele cressem; pois o Espírito ainda não fora dado, porque Jesus ainda não tinha sido glorificado.

O Espírito Santo representa fogo para queimar e purificar.
O Espírito Santo representa água para transbordar e correr.

No plano e propósito de Deus para a vida do ser humano, Ele proveu tudo.
Se você estiver dentro de Sua vontade desfrutará dessa vida abundante (João 10:10b).
Atos 1:8 esta a providência de Deus para missões.

Adão e Eva perderam a grande oportunidade de suas vidas de desfrutar do rio que havia no jardim e de todas suas bênçãos por causa da desobediência.
Podemos perder a bênção e o privilégio de evangelizar o mundo por causa do comodismo, da mesmice e do pecado.

Atos 1:8 apresenta 4 partes onde devemos ser testemunhas.
Gênesis 2:10-14 - apresenta 4 braços que saiam do rio no jardim do Éden.

Plenitude

O número quatro na Bíblia fala de expansão total ou plenitude.

Na festa das primícias, o sacerdote levantava um pequeno feixe constituído dos primeiros grãos amadurecidos da seara, antes mesmo da colheita começar, e o agitava perante o altar apontando para os 4 pontos cardinais – norte, sul, leste e oeste.

Era um ato profético pois na festa de pentecostes a igreja estava oferendo ao Senhor os primeiros frutos - 3 mil almas e agitando os frutos para os quatro cantos da terra.

Responsabilidade

Dessas águas que saiam dos quatro braços, Adão tinha a responsabilidade de lavrar e cuidar da terra.
Das águas recebidas do Espírito Santo, temos a responsabilidade nessa geração de lavrar e cuidar das nações.

Deus já proveu plenamente a sustentação de tua vida em todos os sentidos.

Talvez você pergunte: "Não vejo isso". Então lhe pergunto: "Você tem sido responsável em cuidar de tua espiritualidade, tua vida emocional, física, teus relacionamentos, etc., alimentando-se das águas de Deus, ou tem ido beber em outras fontes?”.

Jerusalém = Pison
Judéia = Gion
Samaria = Hidequel
Confins da terra = Eufrates

1.  Jerusalém = Pison

Atos 1:8
Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samária, e até os confins da terra.

Genesis 2:11, 12
11 O nome do primeiro é Pisom: este é o que rodeia toda a terra de Havilá, onde há ouro;
12 e o ouro dessa terra é bom: ali há o bdélio, e a pedra de berilo.

Jerusalém = cidade de paz.
Pisom = Plenitude.

Não temos “paz” quando não cumprimos a Grande Comissão.
Não entendo como cristãos podem estar sossegados, enquanto há um mundo que se perde.

Atos 2 diz que os discípulos foram “cheios do Espírito Santo”.

1o braço - Pison: Grande difusão de correntes de águas que fluem em aumento gratuitamente sendo lançada para um pais estrangeiro.

A mesma idéia do principio da criação é aplicada para o principio da igreja.

Gênesis apresenta o principio dos céus e da terra.
Atos apresenta o principio da igreja.

Gênesis apresenta a terra sem forma e vazia.
Atos apresenta a igreja com forma e cheia do Espirito Santo.

Abundância

O primeiro braço chamava-se Pisom (Gn 2:11, 12) e significa: Grande difusão de correntes de águas que fluem em aumento gratuitamente sendo lançada para um país estrangeiro.

Uma igreja cheia do Espírito Santo levará essas águas aos sedentos de todas as nações.

Esse era o propósito de Deus para Adão e Eva - Desfrutar de Pisom.
Desfrute da plenitude de Deus

João 7:37-39
37 Ora, no seu último dia, o grande dia da festa, Jesus pôs-se em pé e clamou, dizendo: Se alguém tem sede, venha a mim e beba.
38 Quem crê em mim, como diz a Escritura, do seu interior correrão rios de água viva.
39 Ora, isto ele disse a respeito do Espírito que haviam de receber os que nele cressem; pois o Espírito ainda não fora dado, porque Jesus ainda não tinha sido glorificado.

Viver o propósito de Deus em sua plenitude, é ir alem fronteiras.

Nossa visão se dilata, saímos de nossas quatro paredes, enxergamos as oportunidades de Deus para abençoar nossa família, amigos, igreja e as nações.

Valores

Gênesis 2:11, 12
11 O nome do primeiro é Pisom: este é o que rodeia toda a terra de Havilá, onde há ouro;
12 e o ouro dessa terra é bom: ali há o bdélio, e a pedra de berilo.

Esse braço chamado Pisom, rodeava a terra de Havilá, onde havia ouro e ouro bom (v. 11).
Ouro representa a divindade, natureza e a glória de Deus.

Se o ouro fala de Deus, a pérola fala do homem (v. 12).
Uma pérola é um grão de pó que foi transformado. Seu processo foi “doloroso” até chegar a ser de grande valor.

Em Pisom, Deus queria lembrar a Adão e Eva que ambos foram feitos à Sua imagem e semelhança e que seriam provados no caráter.
Com a nossa natureza caída, o Senhor nos convida para fazer de nós “pérolas”, caráter formado em Cristo, atitudes de valores, conduta que honra o Senhor o que representa essas pedras preciosas que se encontrava em Pisom.

O que tem importância para você hoje? Coisas materiais, seu bem estar ou a Grande Comissão?

Não podemos abrir mão de nossos valores, princípios, fé, doutrina, compromisso direto com Atos 1:8 e Mateus 28:18-20, etc.

Deus te chama para Sua plenitude; Deus te chama para tua responsabilidade.
Deus te chama para Sua abundância e valores.

Venha andar pelo jardim com Ele hoje no braço do rio chamado Pison.

2. Judéia = Gion

Atos 1:8
Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samária, e até os confins da terra.

Gênesis 2:13
O nome do segundo rio é Giom: este é o que rodeia toda a terra de Cuche.

2o braço – Gion: Correnteza forte que arrebenta as margens.
Cush (Etiópia). Você sabia que há uma igreja na Etiópia com mais de um milhão de crentes.

Arrebentar as margens.

Somos muito propensos em colocar limites, mas essas águas de Deus vão arrebentar as margens do que entendemos até agora.
Paradigmas, conceitos, religiosidades, etc. Tudo se arrebenta quando recebemos o que vem do Alto.

Debaixo da escada da sede; meu lugar de oração, com 18 anos o Senhor me disse:

Efésios 3:20
Ora, àquele que é poderoso para fazer tudo muito mais abundantemente além daquilo que pedimos ou pensamos, segundo o poder que em nós opera,

Quando eu ia na Várzea Paulista, eu pensava que tinha ido muito longe.

Ele arrebentou as margens.

Isaías 54:1-3
1 Canta, alegremente, ó estéril, que não deste à luz; exulta de prazer com alegre canto, e exclama, tu que não tiveste dores de parto; porque mais são os filhos da desolada, do que os filhos da casada, diz o Senhor.
Amplia o lugar da tua tenda, e estendam-se as cortinas das tuas habitações; não o impeçasalonga as tuas cordas, e firma bem as tuas estacas.
3 Porque trasbordarás para a direita e para a esquerda; e a tua posteridade possuirá as nações e fará que sejam habitadas as cidades assoladas.

3. Samaria = Hidequel

Atos 1:8
Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samária, e até os confins da terra.

Gênesis 2:14
O nome do terceiro rio é Tigre: este é o que corre pelo oriente da Assíria. E o quarto rio é o Eufrates.

3o braço – Hidequel ou Tigre: Rápido.
Tigre é a Assíria e essa região é plana onde pode rapidamente encher-se das águas desse rio.

De vale em um manancial de águas.

Salmos 84:6
Passando pelo vale (seco) de Baca, fazem dele um lugar de fontes; e a primeira chuva o cobre de bênçãos.

Deus tem presa!
Deus é o Deus do já!

4. Confins da terra = Eufrates

Atos 1:8
Mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e ser-me-eis testemunhas, tanto em Jerusalém, como em toda a Judéia e Samária, e até os confins da terra.

Gênesis 2:14
O nome do terceiro rio é Tigre: este é o que corre pelo oriente da Assíria. E o quarto rio é o Eufrates.

4o braço – Eufrates: Frutífero, Fértil, Doce.
Precisamos dar frutos (é o que as pessoas vão ver e assim poderam ver a Jesus)

Gálatas 5:22, 23
22 Mas o fruto do Espírito é: o amor, o gozo, a paz, a longanimidade, a benignidade, a bondade, a fidelidade.
23 a mansidão, o domínio próprio; contra estas coisas não há lei.

Frutos de almas: Não chegar com as mãos vazias.
Primeiro vem as flores, depois os frutos.
A vara de Arão floresceu.
Ministério frutífero.

CONCLUSÃO

Posso saber bem quem eu sou e o que devo fazer, quando recebo o que vem do alto.
Permita que o dunamis do Espírito Santo venha implodir dentro de você.
A obra do Espírito Santo começa de dentro para fora.

Permita que o dunamis do Espírito Santo venha explodir para fora de você.
Afetará a todos os que estão ao seu reder e pode chegar até os confins da terra.

A IDENTIDADE DA IGREJA É VIVER NO DINAMITE DO ESPÍRITO SANTO EM UMA IMPLOSÃO E EXPLOSÃO E LOGO SER TESTEMUNHA DE JESUS.

Jerusalém - 1o braço - Pison: Grande difusão de correntes de águas que fluem em aumento gratuitamente sendo lançada para um pais estrangeiro.

Judéia - 2o braço – Gion: Correnteza forte que arrebenta as margens.
Cush (Etiópia)

Samaria - 3o braço – Hidequel ou Tigre: Rápido.

Confins da terra - 4o braço – Eufrates: Frutífero, Fértil, Doce.
Precisamos dar frutos (é o que as pessoas vão ver e assim poderam ver a Jesus).


JLS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lucas, um cristão comprometido