quinta-feira, 10 de maio de 2012

A alegria da graça


Para louvor e glória da sua graça, pela qual nos fez agradáveis a si no Amado, Efésios 1:6

Em uma certa igreja, uma criança pequena estava sorrindo para todos que a olhavam. Sua mãe chamou sua atenção asperamente e disse: “Pare de rir, você está na igreja”.

Que mentalidade! Essa é a idéia que muitos tem da igreja e de Deus.
Se aquela criança não podia sorrir na igreja, onde poderia então sorrir?
Esse pensamento religioso, frio e triste, afastou muitos do Deus que é feliz e quer nossa felicidade.
Hoje, muitos estão pagando caro por um pouco de sorriso no mundo. Ah, e o preço de um sorriso ou um momento de “alegria” no mundo é muito caro, pode até custar a vida.

Há um pensamento que seguir a Jesus é a coisa mais “chata” e “sem graça” nessa vida.
Quero reafirmar que Deus é o ser mais feliz desse mundo e deseja que também sejamos.

Com toda certeza, não tem algo mais sem graça que fazer alguma coisa para satisfazer o vazio da alma, e no final de tudo há uma grande decepção por perceber que nada mudou.
Então posso dizer que a coisa mais sem graça é ser enganado por algo que aparentemente te oferece uma alegria, mas é só por um momento e no final continua a tristeza.

Em Jesus, há uma alegria constante; a alegria da graça!

Pesquisando as raízes da palavra graça, ou “caris” em grego, encontramos um verbo que da a idéia de “Me regozijo, estou contente”.
Experimentar o “favor imerecido” de Deus nos trás muita alegria.
Uma pessoa que vive em Cristo é feliz, é uma pessoa feliz, tem graça.

Da mesma forma que pessoas pensam que viver em Cristo é sem graça, há cristãos que pensam que viver em Cristo é um fardo, um peso. Essas pessoas vivem tão escravas de uma mentalidade religiosa que andam tão preocupados em não irem para o inferno, que se esquecem de celebrar o caminho para o céu.

Andar com Jesus sim é ter o entendimento de que existe céu e inferno, de que necessitamos obedecer Sua Palavra, renunciar a nós mesmos, etc., mas acima de tudo é celebrar a grande alegria de que estamos no caminho que nos levará à uma eternidade plena e de regojizo sem fim.

Uma menina fez uma oração a Deus em certa ocasião dizendo: “Deus, faça que as pessoas ruins se tornem boas e as boas se tornem agradáveis”.  

A graça nos faz agradáveis. Expresse hoje um gesto de graça e deixe Jesus ser visto em você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário