domingo, 3 de junho de 2012

Números 20



NÚMEROS 20:1-29 RC

A MORTE DE MIRIÃ

1 Chegando os filhos de Israel, toda a congregação, ao deserto de Zim, no mês primeiro, o povo ficou em Cades; e Miriã morreu ali e ali foi sepultada.

“Chegando os filhos de Israel"

"Zim"
צנּ Tsin 
Zim = “plano"
Era uma parte da região desértica entre o mar Morto e a Arabá ao leste na qual estava localizada Cades.

"Miriã morreu ali"

A mulher que foi filha de Anrão e Joquebede e teve Arão e Moisés como irmãos (Nm 26:59). 
A mulher que quando mocinha, ajudou seu irmão Moisés nas águas do rio Nilo (Ex 2:1-10).
A mulher que era profetisa e tocou, cantou e dançou com outras mulheres quando Israel cruzou o Mar Vermelho (Ex 15:20, 21).
A mulher que murmurou, ficou leprosa, mas se arrependeu (Nm 12:1-15).
Miriã morreu.

2 E não havia água para a congregação; então, se congregaram contra Moisés e contra Arão.

"não havia água”

Essa não foi a primeira vez que faltou água (Ex 17:1)
Quando israel sairam do deserto de Sim e acamparam em Refidim, não havia água e Deus fez o milagre. Israel já tinham esquecido?

“se congregaram contra Moisés e Arão”

Corá incitou e ajuntou o povo contra Moisés. Deus tratou com o murmurador (Nm 16), mas a murmuração continuava no meio do povo.
Corá não estava mais; mas o “espírito de Corá” estava.
Jezabel morreu também, mas o “espírito de Jezabel” continua.

O que colocou o “vírus da murmuração”, não precisa estar presente desde que o vírus esteja.
A historia se repete sem Corá presente e nem precisava dele; ele tinha sido o resultado de pais murmuradores e deixou o legado da murmuração a seus filhos.

"congregaram" e … contenderam (v. 3) contra Moisés.

O povo não aprendia; diante de qualquer dificuldade, a contenda, a murmuração era comum pois o esquecimento do que Deus tinha feito era um fato na mente daquele povo.

Diante de uma dificuldade, temos a oportunidade de ver Deus agindo ou de contender e murmurar. Depende se lembramos ou esquecemos o que Ele acabou de fazer por nós ontem.

3 E o povo contendeu com Moisés, e falaram, dizendo: Antes tivéssemos expirado quando expiraram nossos irmãos perante o SENHOR!

“o povo contendeu com Moisés"
A atitude por causa do mesmo problema (falta de água) no deserto Sim, repete-se no deserto de Zim (Ex 17:2)

Em outra ocasião, houve a murmuração porque não queriam mais o maná (Nm 11:1, 33)

A murmuração tem um final muito ruim (Nm 14:37; 16:32, 35, 49)

“Antes tivéssemos expirado…”

Que triste ouvir isso de um povo que conheceu cada dia o poder de Deus.

4 E por que trouxestes a congregação do SENHOR a este deserto, para que morramos ali, nós e os nossos animais?

O mesmo tipo de murmuração de Refidim no deserto de Sim (Ex 17:3)

5 E por que nos fizestes subir do Egito, para nos trazer a este lugar mau? Lugar não de semente, nem de figos, nem de vides, nem de romãs, nem de água para beber.

“este lugar mau"
O lugar era o deserto de Zim (v. 1).
Zim significa em hebraico צנּ Tsin = “plano”. Como um vale.
Sim, podia ser um vale, podia não ter nada do que eles disseram no v. 5, mas Deus estava com eles.

Não importa que não tenha semente;
Não importa que não tenha figos;
Jezebelorta que não tenha vides;
Não importa que não tenha romãs;
Não importa que não tenha água.
Ah? Não é tão fácil assim, mas a grande lição de Deus é se Ele estiver presente mesmo no “vale deserto de Zim”, Salmos 84:6 pode se cumprir.

o qual, passando pelo vale de Baca, faz dele uma fonte; a chuva também enche os tanques.
(Salmos 84:6)

O vale de Baca era um vale árido.

O povo de Israel é como nós.
Habacuque aprendeu algo importante sobre isso a ponto de escrever o seguinte:

17 Porquanto, ainda que a figueira não floresça, nem haja fruto na vide; o produto da oliveira minta, e os campos não produzam mantimento; as ovelhas da malhada sejam arrebatadas, e nos currais não haja vacas,
18 todavia, eu me alegrarei no SENHOR, exultarei no Deus da minha salvação.
19 JEOVÁ, o Senhor, é minha força, e fará os meus pés como os das cervas, e me fará andar sobre as minhas alturas. (Habacuque 3:17-19)

6 Então, Moisés e Arão se foram de diante da congregação, à porta da tenda da congregação e se lançaram sobre o seu rosto; e a glória do SENHOR lhes apareceu.

Diante das dificuldades, o caminho é sempre o mesmo:

* sair de diante do povo de Deus

Muitas vezes o que nos impede de aproximar-nos de Deus, é o fato de não nos distanciarmos de pessoas, situações, hábitos, etc.

* ir diante do Deus do povo

lançaram sobre o seu rosto"
נפל naphal 
deitar, ser lançado no chão, 
cair prostrado, prostrar-se diante
cair sobre
abater, derrubar, nocautear

Em outro caso de murmuração (espias, relatório), Moisés e Arão caíram sobre seu rosto diante da congregação (Nm 14:5).
Na murmuração de Corá, Moisés caiu sobre seu rosto novamente (16:4, 20-22).

A idéia que tenho: De joelhos dobrados e com o rosto entre os joelhos com o rosto no chão.

Que atitude de um líder!
Enquanto o povo se ensoberbece, o líder se humilha.
Infelizmente acontece também ao contrário: Líderes soberbos e povo humilhado.

O resultado: 

“e a glória do Senhor lhes apareceu"
כבוד kabowd raramente כבד kabod 
glória, honra, glorioso, abundância
riqueza, esplendor, dignidade, reputação, reverência

Sim, a glória do Senhor lhes apareceu no deserto de Zim, na escassez e na oposição de um povo sem visão e sem gratidão.
Aleluia!

Também a glória do Senhor lhe apareceu na oposição do povo influenciado pelo relatório sem visão dos espias (Nm 14:10) e assim muitas vezes.
Como é comigo e com você? A glória de Deus aparece ou não?

A glória do Senhor apareceu para Moisés no deserto de Zim.
A glória do Senhor desapareceu para Eli em Siló (1 Sm 4:12-22) Importante ler toda essa passagem.

כבוד- אי 'Iy- kabowd 
Icabô = "sem glória”
Um filho de Finéias, assim chamado porque a Arca foi tomada pelos filisteus

שׂילה Shiyloh ou שׂלה Shiloh ou שׂילו Shiylow ou שׂלו Shilow 
Siló = "lugar de descanso”
Uma cidade em Efraim e residência temporária da arca da Aliança e do Tabernáculo, o lugar onde Samuel cresceu.

No deserto de Zim (plano - sem nada), a glória de Deus apareceu para Moisés.
Na cidade de Siló (lugar de descanso), a glória de Deus desapareceu para Eli.

No mesmo deserto de Zim:
Um povo que se juntava para murmurar, contender e reclamar que não tinham nada.
Um homem que se juntava ao Senhor e via e recebia Sua glória.

A questão não é o lugar ou a condição e sim a atitude.

MOISÉS FERE A ROCHA, E AS ÁGUAS SAEM

7 E o SENHOR falou a Moisés, dizendo:

8 Toma a vara e ajunta a congregação, tu e Arão, teu irmão, e falai à rocha perante os seus olhos, e dará a sua água; assim, lhes tirarás água da rocha e darás a beber à congregação e aos seus animais.

Ex 17:5
Ne 9:15; Sl 78:15; 105:41; 114:8; Is 43:20; 48:21

9 Então, Moisés tomou a vara de diante do S ENHOR, como lhe tinha ordenado.

Nm 17:10

10 E Moisés e Arão reuniram a congregação diante da rocha, e Moisés disse- lhes:Ouvi agora, rebeldes:porventura, tiraremos água desta rocha para vós?

Sl 107:33

11 Então, Moisés levantou a sua mão e feriu a rocha duas vezes com a sua vara, e saíram muitas águas; e bebeu a congregação e os seus animais.

Ex 17:6; Dt 8:15; 1 Co 10:4

12 E o SENHOR disse a Moisés e a Arão:Porquanto não me crestes a mim, para me santificar diante dos filhos de Israel, por isso não metereis esta congregação na terra que lhes tenho dado.

Lv 10:3; Nm 27:14; Dt 1:37; 3:26; 32:51; Ez 20:41; 36:23; 1Pe 3:15

13 Estas são as águas de Meribá, porque os filhos de Israel contenderam com o SENHOR; e o SENHOR se santificou neles.

Dt 33:8; Sl 96:8; 107:32

MOISÉS SOLICITA PASSAGEM PELO EDOM

14 Depois, Moisés desde Cades mandou mensageiros ao rei de Edom, dizendo:Assim diz teu irmão Israel:Sabes todo o trabalho que nos sobreveio;

Dt 2:4; 23:7; Jz 11:16; Ob 10-12

15 como nossos pais desceram ao Egito, e nós no Egito habitamos muitos dias; e como os egípcios nos maltrataram, a nós e a nossos pais;

Gn 46:6; Êx 12:40; Dt 26:6; At 7:15, 19

16 e clamamos ao SENHOR, e ele ouviu a nossa voz, e mandou um anjo, e nos tirou do Egito; e eis que estamos em Cades, cidade na extremidade dos teus termos.

Ex 2:23; 3:2-7; 14:19

17 Deixa-nos, pois, passar pela tua terra; não passaremos pelo campo, nem pelas vinhas, nem beberemos a água dos poços; iremos pela estrada real; não nos desviaremos para a direita nem para a esquerda, até que passemos pelos teus termos.

Nm 21:22; Dt 2:27

18 Porém Edom lhe disse:Não passarás por mim, para que, porventura, eu não saia à espada ao teu encontro.

19 Então, os filhos de Israel lhe disseram:Subiremos pelo caminho igualado, e, se eu e o meu gado bebermos das tuas águas, darei o preço delas; sem fazer alguma outra coisa, deixa- me somente passar a pé.

Dt 2:6, 28

20 Porém ele disse: Não passarás. E saiu-lhe Edom ao encontro com muita gente e com mão forte.

Jz 11:17

21 Assim, recusou Edom deixar passar a Israel pelo seu termo; pelo que Israel se desviou dele.

Dt 2:4, 5, 8, 27; Jz 11:18

A MORTE DE ARÃO

22 Então, partiram de Cades; e os filhos de Israel, toda a congregação, vieram ao monte Hor.

Nm 21:4; 33-37

23 E falou o SENHOR a Moisés e a Arão no monte Hor, nos termos da terra de Edom, dizendo:

24 Arão recolhido será a seu povo, porque não entrará na terra que tenho dado aos filhos de Israel, porquanto rebeldes fostes à minha palavra, nas águas de Meribá.

Gn 25:8; Nm 27:13; 31:2; Dt 32:50

25 Toma a Arão e a Eleazar, seu filho, e faze- os subir ao monte Hor.

Nm 33:38; Dt 32:50

26 E despe a Arão as suas vestes e veste- as a Eleazar, seu filho, porque Arão será recolhido e morrerá ali.
27 Fez, pois, Moisés como o S ENHOR lhe ordenara; porque subiram ao monte Hor perante os olhos de toda a congregação.

28 E Moisés despiu a Arão as vestes e as vestiu a Eleazar, seu filho; e morreu Arão ali sobre o cume do monte; e desceram Moisés e Eleazar do monte.

Êx 29:20, 30
Nm 33:38; Dt 10:6; 32:50

29 Vendo, pois, toda a congregação que Arão era morto, choraram a Arão trinta dias, isto é, toda a casa de Israel.

Dt 34:8

BIBLIOGRAFIA

Bíblia Almeida RC
Nova Concordância Strong Exaustiva

Comentários: JLS

Nenhum comentário:

Postar um comentário