sábado, 1 de dezembro de 2012

Ações voluntárias


Josué 4:9
Levantou Josué também doze pedras no meio do Jordão, no lugar do assento dos pés dos sacerdotes que levavam a arca do concerto; e ali estão até ao dia de hoje.


A obediência ao que Deus pede, leva-nos a ações voluntárias do que Deus não pede. JLS

Deus tinha pedido para Josué, tirar doze pedras do Jordão para testemunho de Suas maravilhas e ele obedeceu (Josué 4:8; 20-24).
Mas em Josué 4:9, encontro esse homem fazendo algo que Deus não tinha pedido.
Consigo perceber que um coração obediente, produz naturalmente ações voluntárias fora das ordenanças divinas.

Se procuro produzir ações voluntárias sem um coração obediente, estou querendo fazer um milagre em meu nome - impossível!
Se nasce ações voluntárias de mim para Deus como resultado de minha obediência a Ele, então estou falando de algo natural como resultado da minha submissão e relacionamento com o meu Senhor.

Lembro-me do que disse Jesus sobre o "servo inútil" que só faz o que seu senhor manda.
Entendo então que o "servo útil", vai além da obediência; deixa-se levar por ações voluntárias que expressam não somente obediência à seu senhor, mas também amor.

Se é uma expressão de pobreza fazer só o que nos pedem, não fazer nem o que nos pedem será então uma expressão de miséria no caráter e conduta do ser humano.

A maior parte do tempo fazemos coisas que se paramos para pensar, é só porque Deus disse que temos que fazer. Será que podemos ir um pouco além disso e como Josué, expressar ao nosso Senhor Jesus e ao nosso semelhante, ações que vão além de simplesmente fazer o que Ele nos pede?

Pense, ore e atue sobre isso.

JLS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lucas, um cristão comprometido