quarta-feira, 4 de setembro de 2013

Efésios 4


A UNIDADE DA FÉ (v. 1-10)

1 Rogo-vos, pois, eu, o prisioneiro no Senhor, que andeis como é digno da vocação com que fostes chamados,


Andando com dignidade.

2 com toda a humildade e mansidão, com longanimidade, suportando-vos uns aos outros em amor,

A humildade, mansidão e longanimidade que encontro em Jesus, são as bases para suportar e ser suportado uns pelos outros em amor.

"humildade"

Quando digo que alguém é orgulhoso, estou dizendo que sou humilde?

"mansidão"

Quando digo que alguém é iracundo, estou dizendo que sou manso?

"longanimidade"

Quando digo que alguém tem o "pavil curto", estou dizendo que sou longânimo?

3 procurando diligentemente guardar a unidade do Espírito no vínculo da paz.
4 Há um só corpo e um só Espírito, como também fostes chamados em uma só esperança da vossa vocação;
5 um só Senhor, uma só fé, um só batismo;
6 um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, e por todos e em todos.
7 Mas a cada um de nós foi dada a graça conforme a medida do dom de Cristo.
8 Por isso foi dito: Subindo ao alto, levou cativo o cativeiro, e deu dons aos homens.
9 Ora, isto - ele subiu - que é, senão que também desceu às partes mais baixas da terra?
10 Aquele que desceu é também o mesmo que subiu muito acima de todos os céus, para cumprir todas as coisas.

DONS MINISTERIAIS (v. 11)


11 E ele deu uns como apóstolos, e outros como profetas, e outros como evangelistas, e outros como pastores e mestres,


"deu" διδωμι didomi

Dar algo a alguém de livre e espontânea vontade.

Cristo da dons aos homens e alguns deles podemos chamar de “dons ministeriais”.

Há outros dons relacionados ao ministério como por exemplo "presbíteros" e "diáconos" que não aparecem nesse texto. Possivelmente seja pela fato de serem dons que servem à igreja local e esses mencionados aos efésios servem para todo o Corpo de Cristo em geral.

Foi o que o Senhor Jesus fez para a Sua Igreja; deu cinco (esse número representa a graça de Deus) dons de serviço.


Ë importante lembrar que a ordem dos dons nessa lista (Ef 4:11), não é uma evidência de hierarquia no ministério. Todos são sumamente importantes e devem trabalhar juntos.


* Apóstolos e profetas: Dons que tem a ver com o fundamento.

Apóstolos: Aquele que é enviado.


Há uma polêmica sobre o reconhecimento desse ministério em nossa atualidade.

Muitos tem o titulo, mas não são apóstolos e muitos que são apóstolos não tem o titulo.

Profetas: Aquele que dá direção.


A profecia é exercida como “dom de Cristo” e “dom do Espírito” (1 Co 12:10).

É preciso distinguir a função segundo a fonte do dom. Se o dom é ministerial, a função difere do dom do Espírito quanto à finalidade da profecia.

Esse dom existe, mas em muitos lugares não é reconhecido e acontece o mesmo com o dom de apostolo; ha profetas de títulos e não são e ha profetas que não tem o titulo e sim são.

Na igreja primitiva, os profetas exerciam um ministério de exortação à Igreja (Atos 13:1, 2; 15:32). 

Como dom do Espírito, tinha um caráter especial de edificação, exortação e consolação (1 Co 14:3).


* Evangelista: Dom que tem a ver com a expansão.


Aquele que proclama boas notícias.

Sua função básica é levar as Boas Novas do Evangelho aos perdidos.
Não é um trabalho fixo dentro da igreja, mas sim para fora onde estão os pecadores.
Há igrejas que consideram essa função abaixo da do pastor e biblicamente não é assim.

* Pastores e mestres: Dons que tem a ver com a conservação.


Pastores: Aquele que cuida.


Chamados para cuidar do rebanho do Senhor, alimentá-lo com alimento sadio e consistente, guiá-lo, administrar, proteger e liderar.

Tem sido confundido com o de mestre, pois ambos são muito próximos no ensino da Palavra.

Mestres: Aquele que ensina.

Capacidade para ensinar de modo didático as doutrinas de Deus ao crente.

Ha bons mestres que não podem ser bons pastores (Atos 18:27; 1 Co 16:12; Tt 3:13).

TABERNÁCULO

Por alguma razão, minha mente vai até o Tabernáculo que Deus deu a Moisés no deserto.


Ao entrar pela porta (receber Jesus como Senhor e Salvador), no pátio havia o altar do sacrifício (morte e sacrifício do eu) e a pia de bronze (lavar-me na Palavra).

Até aqui representa nossa conversão a Cristo, mas para edificação e crescimento, temos que passar pela entrada do Tabernáculo onde havia cinco colunas e essas cinco colunas representa para mim os cinco ministérios de Efésios 4:11.

Para entender o plano de Deus no Lugar Santo, devia-se entrar pelas 5 colunas; para entender o plano de Deus para nós hoje, devemos aceitar e reconhecer esses 5 ministérios na igreja pois através deles seremos aperfeiçoados e edificados em Cristo.



Tabernáculo de Moisés

PROPÓSITO DOS DONS MINISTERIAIS (v. 12)


12 tendo em vista o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo;


"aperfeiçoamento" καταρτισμος katartismos

Capacitação. Um processo.

"dos santos"

Pessoas separadas para viver para Deus.

Cristãos nascidos de novo, discípulos verdadeiros de Jesus Cristo.


"para a obra"


Na versão RA, aparece "desempenho" no lugar de "obra". No grego é εργον ergon e significa: Aquilo com o que alguém está ocupado, aquilo que alguém se compromete a fazer, tarefa. 


"do ministérioδιακονια diakonia

Serviço.

Resumo essa parte do versículo dessa maneira: 

"Pessoas separadas para Deus, são capacitadas por seus líderes para ocuparem e realizarem suas tarefas com compromisso e dedicação".

"para edificação do corpo de Cristo" οικοδομη oikodome = construção, promover o crescimento.


META DOS DONS MINISTERIAIS (V. 13)


13 até que todos cheguemos à unidade da fé e do pleno conhecimento do Filho de Deus, ao estado de homem feito, à medida da estatura da plenitude de Cristo;


"até que todos cheguemos à unidade  (ενοτης henotes = consentimento) ...


"da fé"

"do pleno conhecimento do Filho de Deus"


Até que todos cheguemos ao / à 


"ao estado de homem feito"


Perfeita varonilidade (ανερ aner) = referente à idade, distinção entre um homem e um menino.


1 Coríntios 13:11

Quando eu era menino, pensava como menino; mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.

"à medida da estatura da plenitude de Cristo"


O CRESCIMENTO E O AJUSTAMENTO DO CORPO DE CRISTO (v. 14-16)


14 para que não mais sejamos meninos, inconstantes, levados ao redor por todo vento de doutrina, pela fraudulência dos homens, pela astúcia tendente à maquinação do erro;

NÃO SERMOS MAIS MENINOS


"para que não mais sejamos"


* Meninos: Inconstância, imaturidade, vacilo.

Devemos crescer e sermos adultos, maduros e firmes na fé.

* Inconstantes (agitados de um lado para outro)


NÃO SERMOS MAIS INFLUENCIADOS PELO ERRO


"levados ao redor por todo vento de doutrina (διδασκαλια didaskalia = ensinamentos), pela …"


* Fraudulência dos homens


Versão RA aparece a palavra artimanha no lugar de fraudulência.


"artimanha" κυβεια kubeia de kubos = Cubo, dado para jogar.

Metáfora: A decepção dos homens, porque os jogadores de dados algumas vezes enganavam e defraudavam seus companheiros de jogo.

* Pela astúcia tendente à maquinação do erro


"astúcia" πανουργια panourgia = Artimanha, sabedoria ilusória ou falsa.


"à maquinação do erro"


VAMOS CRESCER


15 antes, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo,


"seguindo" = palavra que todo discípulo de Cristo gosta muito.


"a verdade em amor"


Como é a verdade sem amor? Seca, dura e até cruel.

A verdade em amor corrige e cura.

"cresçamos"


2 Pedro 3:18

antes crescei na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo. A ele seja dada a glória, assim agora, como até o dia da eternidade.

VAMOS AJUSTAR


16 do qual o corpo inteiro bem ajustado, e ligado pelo auxílio de todas as juntas, segundo a justa operação de cada parte, efetua o seu crescimento para edificação de si mesmo em amor.


"bem ajustado" συναρμολογεω sunarmologeo = estreitamente unido sem espaço entre.

"ligado pelo auxílio de todas as juntas"

Todas as juntas tem que auxiliar nesse ajuste.

Todos os cristãos nascidos de novo e discípulos de Jesus, devem unir-se.

"segundo a justa operação de cada parte"


"efetua o seu crescimento para edificação de si mesmo em amor"


A Igreja de Cristo é mantida em sua unidade espiritual pelo desempenho dos dons ministeriais. 

A SANTIDADE CRISTÃ É OPOSTA AOS COSTUMES DOS GENTIOS (v. 17-32)


17 Portanto digo isto, e testifico no Senhor, para que não mais andeis como andam os gentios, na verdade da sua mente,

18 entenebrecidos no entendimento, separados da vida de Deus pela ignorância que há neles, pela dureza do seu coração;
19 os quais, tendo-se tornado insensíveis, entregaram-se à lascívia para cometerem com avidez toda sorte de impureza.
20 Mas vós não aprendestes assim a Cristo.
21 se é que o ouvistes, e nele fostes instruídos, conforme é a verdade em Jesus,
22 a despojar-vos, quanto ao procedimento anterior, do velho homem, que se corrompe pelas concupiscências do engano;
23 a vos renovar no espírito da vossa mente;
24 e a vos revestir do novo homem, que segundo Deus foi criado em verdadeira justiça e santidade.
25 Pelo que deixai a mentira, e falai a verdade cada um com o seu próximo, pois somos membros uns dos outros.
26 Irai-vos, e não pequeis; não se ponha o sol sobre a vossa ira;
27 nem deis lugar ao Diabo.
28 Aquele que furtava, não furte mais; antes trabalhe, fazendo com as mãos o que é bom, para que tenha o que repartir com o que tem necessidade.
29 Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, mas ó a que seja boa para a necessária edificação, a fim de que ministre graça aos que a ouvem.
30 E não entristeçais o Espírito Santo de Deus, no qual fostes selados para o dia da redenção.
31 Toda a amargura, e cólera, e ira, e gritaria, e blasfêmia sejam tiradas dentre vós, bem como toda a malícia.
32 Antes sede bondosos uns para com os outros, compassivos, perdoando-vos uns aos outros, como também Deus vos perdoou em Cristo.



Comentários e notas: JLS


Bibliografia:

Bíblia Sagrada RC, RA
Tempo com a Palavra - JLS
Strong's Numbers Bible

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lucas, um cristão comprometido