terça-feira, 14 de janeiro de 2014

João 13


JESUS LAVA OS PÉS AOS DISCÍPULOS (v. 1-20)

1 Antes da festa da páscoa, sabendo Jesus que era chegada a sua hora de passar deste mundo para o Pai, e havendo amado os seus que estavam no mundo, amou-os até o fim.
2 Enquanto ceavam, tendo já o Diabo posto no coração de Judas, filho de Simão Iscariotes, que o traísse,
3 Jesus, sabendo que o Pai lhe entregara tudo nas mãos, e que viera de Deus e para Deus voltava,
4 levantou-se da ceia, tirou o manto e, tomando uma toalha, cingiu-se.

5 Depois deitou água na bacia e começou a lavar os pés aos discípulos, e a enxugar-lhos com a toalha com que estava cingido.


6 Chegou, pois, a Simão Pedro, que lhe disse: Senhor, lavas-me os pés a mim?
7 Respondeu-lhe Jesus: O que eu faço, tu não o sabes agora; mas depois o entenderás.



8 Tornou-lhe Pedro: Nunca me lavarás os pés. Replicou-lhe Jesus: Se eu não te lavar, não tens parte comigo.
9 Disse-lhe Simão Pedro: Senhor, não somente os meus pés, mas também as mãos e a cabeça.
10 Respondeu-lhe Jesus: Aquele que se banhou não necessita de lavar senão os pés, pois no mais está todo limpo; e vós estais limpos, mas não todos.
11 Pois ele sabia quem o estava traindo; por isso disse: Nem todos estais limpos.
12 Ora, depois de lhes ter lavado os pés, tomou o manto, tornou a reclinar-se à mesa e perguntou-lhes: Entendeis o que vos tenho feito?
13 Vós me chamais Mestre e Senhor; e dizeis bem, porque eu o sou.
14 Ora, se eu, o Senhor e Mestre, vos lavei os pés, também vós deveis lavar os pés uns aos outros.
15 Porque eu vos dei exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também.
16 Em verdade, em verdade vos digo: Não é o servo maior do que o seu senhor, nem o enviado maior do que aquele que o enviou.
17 Se sabeis estas coisas, bem-aventurados sois se as praticardes.
18 Não falo de todos vós; eu conheço aqueles que escolhi; mas para que se cumprisse a escritura: O que comia do meu pão, levantou contra mim o seu calcanhar.
19 Desde já no-lo digo, antes que suceda, para que, quando suceder, creiais que eu sou.
20 Em verdade, em verdade vos digo: Quem receber aquele que eu enviar, a mim me recebe; e quem me recebe a mim, recebe aquele que me enviou.

JESUS PREDIZ QUE JUDAS O HÁ DE TRAIR (v. 21-30)

21 Tendo Jesus dito isto, turbou-se em espírito, e declarou: Em verdade, em verdade vos digo que um de vós me há de trair.
22 Os discípulos se entreolhavam, perplexos, sem saber de quem ele falava.
23 Ora, achava-se reclinado sobre o peito de Jesus um de seus discípulos, aquele a quem Jesus amava.
24 A esse, pois, fez Simão Pedro sinal, e lhe pediu: Pergunta-lhe de quem é que fala.
25 Aquele discípulo, recostando-se assim ao peito de Jesus, perguntou-lhe: Senhor, quem é?
26 Respondeu Jesus: É aquele a quem eu der o pedaço de pão molhado. Tendo, pois, molhado um bocado de pão, deu-o a Judas, filho de Simão Iscariotes.
27 E, logo após o bocado, entrou nele Satanás. Disse-lhe, pois, Jesus: O que fazes, faze-o depressa.
28 E nenhum dos que estavam à mesa percebeu a que propósito lhe disse isto;
29 pois, como Judas tinha a bolsa, pensavam alguns que Jesus lhe queria dizer: Compra o que nos é necessário para a festa; ou, que desse alguma coisa aos pobres.
30 Então ele, tendo recebido o bocado saiu logo. E era noite.

AS ÚLTIMAS INSTRUÇÕES DE JESUS A SEUS DISCÍPULOS.
A RAZÃO DA SUA SAÍDA DO MUNDO.
A PROMESSA DO CONSOLADOR. (v. 31-38)

Não posso esquecer-me que esses acontecimentos ocorreram na noite de quinta-feira; a última noite de Jesus com Seus discípulos antes de Sua morte.
Eles estavam em um lugar especial onde jantaram e agora Jesus estava dando as últimas instruções antes de saírem dali e começar Seu sofrimento em direção ao Calvário.

GLORIFICAR

31 Tendo ele, pois, saído, disse Jesus: Agora é glorificado o Filho do homem, e Deus é glorificado nele;
32 se Deus é glorificado nele, também Deus o glorificará em si mesmo, e logo o há de glorificar.

Jesus estava dizendo que logo estaria novamente glorificado com o Pai como antes de vir a esse mundo.
Mas antes da coroa de glória, Lhe esperava uma coroa de espinhos.



33 Filhinhos, ainda por um pouco estou convosco. Procurar-me-eis; e, como eu disse aos judeus, também a vós o digo agora: Para onde eu vou, não podeis vós ir.

AMAR

34 Um novo mandamento vos dou: que vos ameis uns aos outros; assim como eu vos amei a vós, que também vós vos ameis uns aos outros.

"Um novo mandamento vou dou"
O mandamento de amar, já estava no AT, por exemplo em Levítico 19:18.

Levítico 19:18
Não te vingarás nem guardarás ira contra os filhos do teu povo; mas amarás o teu próximo como a ti mesmo. Eu sou o Senhor.

Por várias vezes o próprio Senhor Jesus, mencionou esse mandamento do AT.
Então o que há de novo nele? É a maneira como deve-se amar o próximo.

A maneira como deve-se amar o próximo:
À maneira de Judas? Com interesses pessoais e traição? Não.
À maneira de Pedro? Com precipitações, altos e baixos e negação na hora H? Não.
À maneira dos demais discípulos? Com fraquezas e disputas? Não.

É à maneira de Jesus: "assim como eu vos amei a vós, que também vós vos ameis uns aos outros" (v. 34).

Como é a maneira de Jesus? 
No próprio capítulo 13 de João, encontramos alguns exemplos:
* Amou-os até o fim (v. 1). Mesmo sabendo de Judas, de Pedro e das limitações dos demais.
* Serviu-os com humildade, lavando-lhes os pés (v. 4-10).

35 Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos, se tiverdes amor uns aos outros.

Referência do amor e/ou de como amar: Jesus.
Prática do amor e/ou de como amar: Seus discípulos.
Alvo de alcance do amor de Jesus: Todos. "Nisto conhecerão todos que sois meus discípulos, se tiverdes amor uns aos outros" (v. 35).

As pessoas que ainda não conhecem a Jesus, O conhecerão através da maneira como Seus discípulos se amam e se respeitam.

IR

36 Perguntou-lhe Simão Pedro: Senhor, para onde vais? Respondeu Jesus; Para onde eu vou, não podes agora seguir-me; mais tarde, porém, me seguirás.

É bom ler novamente o v. 33 e unir ao texto desse versículo.
No v. 33 Jesus disse: "Filhinhos, ainda por um pouco estou convosco. Procurar-me-eis; e, como eu disse aos judeus, também a vós o digo agora: Para onde eu vou, não podeis vós ir".

Para onde Jesus estava indo que os discípulos não podiam ir agora?
Lendo João 14:1-3, entendo que para o céu, mas não haveria céu (glória - v. 31, 32), sem passar primeiro pela cruz (sofrimento e morte).

Penso nos dois sentidos (céu e cruz). Então começando pela cruz, Jesus estava dizendo que os discípulos não podiam ir com Ele lá. Era uma cruz para um Salvador.



DAR

37 Disse-lhe Pedro: Por que não posso seguir-te agora? Por ti darei a minha vida.
38 Respondeu Jesus: Darás a tua vida por mim? Em verdade, em verdade te digo: Não cantará o galo até que me tenhas negado três vezes.

Pedro disse: "Eu darei minha vida pelo Senhor".
Jesus respondeu: "Não Pedro, ainda você não tem as condições. Virá uma prova e serás reprovado; me negarás. Mas Eu darei a minha vida por você".


"Amar me leva a dar". JLS



JLS

Bibliografia:
Bíblia Sagrada RC, RA
Tempo com a Palavra - JLS
Presente Diário Momentos Devocionais 2014 - Rádio Trans Mundial
Strong's Numbers Bible

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Lucas, um cristão comprometido